o-que-eh-e-onde-surgiu
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

E-commerce pra cá, e-commerce pra lá… Nos últimos anos muito tem se ouvido falar sobre esse termo, mas afinal, o que é isso? Na tradução para o português, E-commerce significa comércio eletrônico. Na prática, é uma nova modalidade de comércio, onde as transações de compra e venda – de produtos ou serviços – são feitas totalmente por meio da internet. Ou seja, empresas ou empresários vendem os mais variados produtos por meio de suas lojas virtuais.

E-commerce surge no Brasil em meados de 2.000
O e-commerce começou a se desenvolver no Brasil, de forma mais expressiva, em meados dos anos 2.000

Surgimento do E-commerce

Mesmo sem dados oficiais, acredita-se que o e-commerce começou a se desenvolver no Brasil, de forma mais expressiva, em meados dos anos 2.000, a partir de um reflexo das lojas que surgiram primeiramente nos Estados Unidos e se tornaram cada vez mais populares a partir da década de 1.990.

Nessa época, a internet no Brasil ainda era limitada. Acredito que muitos dos que estão lendo esse texto não devem se lembrar da conexão discada, certo? Acessar um e-mail, ou mesmo navegar pela internet era um privilégio para poucos. Fazer compras em lojas virtuais então, nem se fala.

Bom, evoluímos. Passamos dessa fase e, com a chegada de provedores e tecnologia no Brasil, a conexão com a internet evoluiu e pode ser considerada uma das principais responsáveis na transformação do comportamento de compra dos consumidores.

Com acesso a informação rápida e de qualidade, as pessoas se tornaram mais seletivas e exigentes na hora de escolher produtos e serviços. Hoje, o uso da internet faz parte da rotina do brasileiro. Percebendo essa mudança de comportamento, empresas e empreendedores começaram a investir também no comércio eletrônico e as lojas virtuais cresceram e ganharam a atenção dos mais variados perfis de consumidores.

Pequeno, médio e grande negócio

Que o e-commerce é uma ótima opção para quem está em busca de um novo trabalho ou de aumentar suas vendas atendendo também no online, disso não temos dúvidas. Ele ainda é um dos melhores recursos para quem está começando e busca novos caminhos.

Por ser democrático e funcionar como uma loja virtual, o e-commerce cria uma gama infinita de possibilidades de nichos de atuação. Ou seja, tudo pode ser vendido pela internet, seja produto, serviço ou, até mesmo, um infoproduto.

Faturamento de e-commerces em 2020 registrou aumento de mais de 50% em relação ao ano anterior
O faturamento dos e-commerces brasileiros em 2020 registrou crescimento total de 55,74%

E-commerce em números

Com a chegada da pandemia, muitos setores da economia se viram obrigados a migrar para o digital para continuar em funcionamento e atendendo aos seus clientes. Ou você achou que só o setor de alimentação iria lucrar com os deliverys?

Dados do Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Economia Digital (Câmara-e.net) em parceria com o Neotrust Movimento Compre & Confie, mostram um aumento considerável do setor. Em dezembro de 2.020 o Brasil registrou alta de 53,83% se comparado com o mesmo período de 2.019.

O faturamento, se considerada a mesma base para comparação, teve crescimento total de 55,74%. Apenas um mês do ano de 2.020 registrou queda nas vendas, novembro (com queda de – 27,16%). No acumulado do ano o índice foi positivo, batendo os 73,88%.

E-commerce do Zero

Com um mercado amplo, que traz comodidade, preços competitivos e praticidade para o consumidor, além de vantagens para empreendedores, a tendência é que o e-commerce continue forte e em ampla expansão. Antes de continuar, vou deixar uma pergunta: Sabem dizer por que a maioria das pessoas preferem fazer suas compras por meio de um e-commerce do que por uma loja física?

Para ajudar vocês com esse desafio, vou elencar aqui três possíveis razões para isso: praticidade de ter tudo à distância de um click, conveniência e preços competitivos. A internet nos possibilita, por meio das lojas virtuais, a comprar produtos ou serviços a qualquer hora e em qualquer lugar.

Lembra como era antigamente? As pessoas gastavam sola de sapato “sapiando” de loja em loja para pesquisar produtos e promoções, depois ainda enfrentavam filas para abrir crediários e fazer os pagamentos. 🙁

Hoje, com o advento da internet, o consumidor não precisa mais se deslocar até o local, pesquisar preços, formas de pagamento e enfrentar filas. Tudo isso é feito de forma simples e online. Até mesmo a comparação de valores, que hoje é feita diretamente por meio de algumas lojas virtuais, pode ser elencada como uma das razões para os consumidores preferirem fazer suas compras em lojas online a físicas.

Entre as desvantagens existentes, podemos elencar alguns fatores, como segurança e confiabilidade da marca, além do tempo de espera para a entrega da compra. Por outro lado, se engana quem pensa que os benefícios são exclusivos do consumidor. O e-commerce também pode ser muito vantajoso para o dono do negócio. Acompanhe comigo…

Economia

Quando falamos em vantagens do e-commerce para o empreendedor, não podemos deixar de pensar em um dos pontos mais importantes: a economia. Os preços mais competitivos das lojas virtuais só são possíveis graças a economia que o e-commerce oferece.

Se seu negócio é exclusivamente online você não tem custos fixos com aluguel, remuneração de funcionários ou comissão dos vendedores. Além de todas as taxas e tributos para o funcionamento das lojas físicas, que são repassadas aos consumidores.

Abrace o mundo

O e-commerce traz vantagens tanto para quem está começando um novo negócio ou para aqueles que querem expandir. O alcance das lojas virtuais é global e você não precisa de várias lojas para crescer e tornar sua marca conhecida no mercado.

Você pode ter clientes do Oiapoque ao Chuí… Ou até mesmo espalhados pelo mundo. Nesse caso, a única coisa que você deve se preocupar, e muito, é com o planejamento logístico de entrega dos seus produtos. Vamos falar mais detalhadamente sobre esse tema depois, então não esqueça de ativar nossas notificações, ok?

24 por 7 e commerce ecommerce - Tag Chat
Seu e-commerce disponível a todos, 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive aos feriados

24 horas, 7 dias da semana

Essa disponibilidade de funcionamento aumenta consideravelmente suas chances de vendas recorrentes, a consolidação da sua marca e faz com que você se destaque daqueles que ainda não estão surfando na onda do e-commerce.

Por ser um serviço online, seu e-commerce fica disponível a todos, 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive aos feriados. Algo que seria extremamente oneroso para alguns nichos de mercado que atuam exclusivamente de maneira offline, como é o caso das lojas físicas.

Gostou, clicou, comprou…

Que atire a primeira pedra quem nunca fez uma compra por impulso. Essa prática tem se tornado cada vez mais frequente e atingido em cheio os e-commerces. A compra por impulso é aquela que o cliente estava “sapiando” pelas redes sociais, se deparou com algo do interesse dele, foi direcionado até seu e-commerce e, comprou o produto.

Por ser um assunto muito interessante e que rende longas discussões, vamos voltar a falar um pouco mais sobre compras por impulso em outro artigo, ok?

Se depois de ler este artigo você está pensando em criar o seu e-commerce e não tem ideia de como começar, calma. Eu vou te ajudar. Elaboramos uma série de artigos especiais sobre o tema, que vão trazer informações importantes para que você consiga criar seu e-commerce e encontrar todas as ferramentas necessárias para fazer dele um sucesso de vendas.

E já sabe… para não perder nenhuma postagens, siga as redes sociais do Tag Chat e se inscreva para receber a nossa newsletter.