Robôs
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Mais de 3 bilhões de dispositivos utilizam a linguagem Java em sua programação. Provavelmente, em algum momento da vida, você já tenha ouvido falar ou visto algo sobre essa poderosa linguagem de programação. Representada por uma xícara de café quente, ela já tem 26 anos de história e, acredite, ela não pretende parar por aí…

O programador canadense James Gosling é conhecido como o inventor da linguagem Java, lançada em maio de 1995. Foi sua equipe que planejou e implementou o primeiro compilador e máquina virtual, chamada de JVM, do inglês Java Virtual Machine.

Java
Mais de 3 bilhões de dispositivos no mundo utilizam a linguagem Java em sua programação

Java é utilizada para automatizar processos e facilitar algumas coisas no mundo computacional. Um exemplo concentro de aplicação da linguagem são robôs que, para funcionarem, precisam de um código. Ainda podemos citar algumas peças e motores que, para executarem suas funções, precisam de placas controladoras que recebem dados de sensores.

Essas informações são coletadas, processadas e devolvidas para o sistema, e adivinha quem define essas funções… a linguagem de programação! Ficou confuso, né? Vamos simplificar.

O trabalho da linguagem de programação é definir uma sequência de passos necessários para a execução de tarefas ou mesmo para a resolução de um problema. Efetivamente, utilizamos a programação para resolução de problemas simples e complexos, desde pequenas automações até o desenvolvimento de inteligência artificial, por exemplo.

Segundo dados da DigitalHouse, a linguagem de programação mais utilizado por profissionais da área ainda continua sendo a Java. Isso se deve a vários fatores, dentre eles:

– Suporte à orientação a objetos;

– Portabilidade, dinamismo e segurança;

– Baixa complexidade e alta performance;

– Compilada e interpretada – o compilador gera bytecodes do Java e a JVM executa diretamente em qualquer máquina;

– Independente de plataforma;

– Tipada – detecta os tipos de variáveis quando declaradas.

Java estático ou dinâmico?

Ao navegar na web, nos deparamos com vários tipos de páginas, sejam elas de leitura ou de cadastros interativos. Mas você saberia dizer qual delas é dinâmica e qual é estática?

Para uma página ser considerada dinâmica, é preciso que você interaja com ela e vice-versa, em tempo real, sem que os dados se percam durante uma atualização. Por trás da tela, a linguagem recebe os dados passados, processa a informação e retorna uma resposta, que leva a outros dados e mais processamentos.

Na internet, o tempo de carregamento de uma página é crucial. Quanto mais rápida uma aplicação, melhor é a experiência do usuário.

Java
A linguagem JS foi originalmente pensada para o navegador Netscape

Mas, e o Javascript?

O programador americano Brendan Eich é o criador da linguagem de programação JavaScript, carinhosamente chamada de JS. Eich é mais conhecido por seu trabalho nos navegadores Netscape e Mozilla. Quando Eich começou a trabalhar na Netscape Communications Corporation, em abril de 1995, iniciou os estudos sobre a linguagem JS, originalmente pensada para o navegador Netscape.

Utilizada para melhorar a experiência do usuário, JS é uma linguagem de programação simples e leve, que traz diversos recursos para páginas como, por exemplo, formulários que validam dados enquanto são preenchidos e, caso algum esteja incorreto, retorna com alguma informação de resposta.

Atualmente, JS está presente na maioria das páginas que acessamos, o que amplia as possibilidades do HTML5 – que nada mais é do que uma linguagem de marcação – e torna a internet cada vez mais funcional. Dentre as principais características da linguagem, temos:

– Programação orientada a eventos;

– Versatilidade e multi-paradigma;

– Linguagem intermediária do Typescript;

– Roda em várias plataformas;

– Rapidez e simplicidade.

E aí, gostou do conteúdo? Para não perder nenhum conteúdo, já sabe, siga as redes sociais do Tag Chat e se inscreva para receber o nosso newsletter.