funcionalidades-custo-beneficio-possibilidade-integracoes-ecommerce-novo
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

No artigo de hoje vamos dar andamento a um dos tópicos comentados na postagem sobre a importância de um canal de comunicação eficiente. Lá, abordamos brevemente sobre layout responsivo e agora vamos elencar alguns motivos para você usar esse recurso no seu e-commerce. Preparados?

Caso ainda tenha dúvidas sobre alguns dos assuntos já abordados, não se preocupe. Volte aos artigos, leia e anote suas dúvidas. Feito isso, entre em contato com nossa equipe, por meio de e-mail ou whatsapp. Você também pode seguir nossas redes sociais, basta clicar aqui.

Aposte em um layout responsivo para seu e-commerce
O faturamento do e-commerce cresceu 47% no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período de 2019

De acordo com informações do Ministério das Comunicações, o uso de internet em dispositivos móveis no Brasil deu um salto de 416% desde 2010. Não precisamos de números para saber que as pessoas estão cada vez mais conectadas, basta observar nossos amigos, familiares ou até mesmo os funcionários da empresa.

Vamos fazer um exercício para entender melhor a importância do layout responsivo. Imagine que seu cliente seja acostumado a usar seu site do desktop, mas um dia precise acessar via smartphone. Se ao abrir ele encontrar um site desconfigurado, a credibilidade do seu e-commerce vai por água abaixo.

Quando acessamos um site responsivo, a interatividade com a página permanece a mesma, independente do dispositivo que você esteja usando para acessar, seja desktop ou móvel. Essa tecnologia gera confiança no usuário, que sabe que pode realizar qualquer tarefa, de onde quer que esteja conectado.

1. Em constante crescimento

Segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgadas em abril de 2020, 3 a cada 4 brasileiros acima de 10 anos, acessam a internet por meio de smartphones. Enquanto o celular ganha espaço, outros equipamentos começam a cair no esquecimento. O uso de computadores, por exemplo, caiu de 56,6% em 2017 para 50,7% em 2018.

A tendência também foi confirmada na pesquisa Digital 2020 Global Overview Report, que mostra que, de todo o tráfego global na internet, 53,3% é feito por meio de smartphones. Se somados com os 2,7% feitos por meio de tablets, temos 56% de acesso via dispositivos móveis. A pesquisa mostra a evolução ano a ano. Em 2014, o percentual de pessoas que acessavam a internet por meio de smartphones era de 31,8%.

Essa tendência de crescimento deve ser vista nos próximos anos. Um dos motivos é a evolução da velocidade de conexão e as novas tecnologias desenvolvidas para os aparelhos. Ou seja, se 4,1 bilhões de usuários já estão surfando na onda do mobile, invista em um layout responsivo para seu e-commerce.

2. Experiência do Usuário

Acima dos 60%. Essas são as chances de um usuário que ficou satisfeito e teve uma experiência positiva voltar a comprar um produto ou serviço no seu e-commerce. Ou seja: a experiência do usuário traz sim resultados concretos para as suas vendas.

Para exemplificar essa situação, vamos usar sua experiência como exemplo. Pensa comigo: quando você acessa um site pelo celular e se depara com um layout desalinhado, letras pequenas, imagens fora de contexto e tudo bagunçado, você fica satisfeito?

Certamente não, né? Com seu cliente acontece o mesmo. Proporcionar uma experiência positiva para seu usuário também é essencial para os resultados de SEO do seu e-commerce, mas sobre esse assunto vamos falar em outro momento, ok?

3. Eu ouvi, rejeição?

Uma das formas de reduzir a taxa de rejeição do seu e-commerce é ter um site com layout responsivo. Este ponto está diretamente ligado à experiência do usuário. Uma vez que o cliente recebe as “boas vindas” do seu e-commerce, as chances dele abandonar sua página e partir para outra pesquisa, são baixas.

A taxa de rejeição é um dos índices analisado pelo Google para ranquear seu site no buscador, por esse motivo, tome cuidado com ela. Quanto mais alta essa taxa estiver, mais o Google vai considerar seu conteúdo irrelevante e as chances da sua página perder posições aumentam.

4. Vendas a todo vapor

O faturamento dos e-commerces cresceu 47% no primeiro semestre de 2020 se comparado com o mesmo período de 2019. Essa é a maior alta do setor em 20 anos, conforme levantamento da Ebit/Nielsen. Entre janeiro e junho do mesmo ano, as vendas chegaram a R$ 38,8 bilhões, contra R$ 26,4 bilhões no mesmo período de 2019.

Ao todo foram 90,8 milhões de compras. A alta é um reflexo das compras durantes a pandemia, onde 7,3 milhões de brasileiros compraram pela primeira vez por meio de algum e-commerce. A pesquisa indica ainda que 41 milhões de pessoas são consumidoras ativas do comércio eletrônico no país.

Pensando em tudo que lemos até aqui, ter um site com layout responsivo também te ajuda a aumentar suas vendas e as taxas de conclusão de compras. Pesquisas recentes comprovam que os brasileiros estão cada vez mais conectados e fazendo suas compras por meio de dispositivos móveis.

crescimento do e commerce - Tag Chat
Ter um e-commerce com layout responsivo te ajuda a aumentar suas vendas e as taxas de conclusão de vendas

5. Leads?

Que atire a primeira pedra quem não gosta de um “leadzinho”. Com o aumento das vendas, a possibilidade de conversão e geração de leads por meio dos dispositivos móveis também aumenta. Ainda mais se pensarmos em layouts responsivos.

Quando você usa as redes sociais para divulgar seus produtos ou serviços, é muito importante ter um layout responsivo para direcionar o usuário para seu site. Se ao clicar no link a página do seu e-commerce se adaptar à visualização para smartphone, a chance de conversão é maior do que a possibilidade do usuário abrir o link novamente, por meio de um desktop.

Então, não perca tempo. Comece já a colocar em prática todos os passos que vimos até aqui.

6. Vamos compartilhar?

Vamos voltar à pesquisa da Digital 2020 Global Overview Report e olhar exclusivamente para os dados do Brasil. Ao todo, são 140 milhões de usuários apenas nas redes sociais. Esse número é equivalente a 66% da população do país. Com esse dado podemos perceber a força das redes sociais e como elas fazem parte da vida dos brasileiros.

O acesso acontece, quase que em sua totalidade, por meio de smartphones ou tablets, os chamados dispositivos móveis. Sendo assim, não tem como fugir da realidade e da necessidade de ter um site com layout responsivo. O compartilhamento do conteúdo é maior quando a experiência do usuário é agradável. Consegue perceber como está tudo interligado?

 7 – Vamos olhar pro futuro?

Vou esclarecer um ponto importante: designers responsivos são feitos para diferentes resoluções de telas e não para diferentes dispositivos. Pensando nisso, investir em um layout responsivo agora, já deixa seu site pronto para qualquer dispositivo e futuras tecnologias.

Ou seja, não importa a resolução da tela do dispositivo móvel que o usuário esteja usando, o que importa é que o layout do seu e-commerce vai se adaptar, mesmo que esses dispositivos e tecnologias ainda nem existam.

8 – Navegar é preciso

Quantos navegadores você conhece? Consigo me lembrar da época em que o Internet Explorer era a solução para todos os problemas quando o assunto era navegador. Sem atualizações, o mesmo vai ser descontinuado e substituído pelo Internet Edge.

Hoje em dia temos uma gama infinita de navegadores, e esse é mais um dos motivos para implementar um layout responsivo no seu e-commerce. A adaptação das páginas também é possível para diferentes navegadores, o que facilita o acesso do usuário.

E aí, gostou do conteúdo? No próximo texto vamos abordar outro ponto importante quando o assunto é e-commerce. Para não perder nenhum texto, já sabe, basta seguir as redes sociais do Tag Chat e se cadastrar para receber o nosso newsletter.