Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Multicloud é um termo para o uso de mais de um provedor de serviços de nuvem pública para armazenamento virtual de dados ou recursos de energia de computação, além de outras nuvens privadas e infraestrutura local.

 Uma estratégia multicloud, não apenas oferece mais flexibilidade nos serviços de computação em nuvem que uma empresa escolhe usar, abrindo opções para soluções em nuvem híbrida, mas também reduz a dependência de apenas um fornecedor. Uma reportagem na revista Época aponta que 81% das empresas mais reconhecidas já adotam esse tipo de estratégia em seu negócio.

E, segundo uma pesquisa da Gartner, a computação multicloud tende a reduzir o risco de aprisionamento tecnológico, ampliando as possibilidades de migração, com maior elasticidade e escalabilidade. 

Segundo um estudo do Everest Group, as taxas de adoção da nuvem privada e híbrida crescem em 66% e 44% ao ano, respectivamente. A nuvem híbrida, em particular, é preferência entre grandes empresas.

Os provedores de serviços de computação em nuvem hospedam três tipos de serviços: Infraestrutura como serviço (IaaS), Software como serviço (SaaS) e Plataforma como serviço (PaaS).

Saiba como captar recursos para sua startup e torná-la atrativa para os investidores

Com o IaaS, o provedor de nuvem hospeda servidores, armazenamento e hardware de rede com serviços adicionais, incluindo backup, segurança e balanceamento de carga.

O PaaS adiciona sistemas operacionais e middleware à sua oferta de IaaS, e o SaaS inclui aplicativos para que nada seja hospedado no site do cliente. Os provedores de nuvem também podem oferecer esses serviços de forma independente.

Existem muitas possibilidades quando se trata de opções e combinações de multicloud. A multicloud de uma empresa pode incluir o uso de vários provedores de IaaS para diferentes cargas de trabalho e PaaS público para testar novos aplicativos em nuvem. A infraestrutura de multicloud de diferentes empresas será diferente, dependendo de suas necessidades e limitações

Devido à maior flexibilidade e possibilidade de inovações, é que as empresas estão adotando a estratégia multicloud. Até porque, é uma importante alternativa para alcançar aquilo que sempre desejaram, sem precisarem ficar presos a apenas um fornecedor. A experiência de contar com a opção de vários serviços de computação em nuvem oferece inúmeros benefícios, além de distribuir o risco de falha em diferentes fornecedores.

As organizações globais podem obter serviços de velocidade rapidamente escolhendo fornecedores locais de nuvem pública em todos os locais onde operam. Quanto mais próximo ao data center, menor a latência. O uso de um provedor de computação em nuvem pública local, também diminui o tempo de resposta para tarefas de prioridade mais alta.

Algumas organizações podem precisar usar vários provedores de armazenamento em nuvem para aderir às regulamentações governamentais e às leis de soberania de dados que exigem que certos tipos de dados estejam no país da empresa.

Economia de tempo, custos e espaço físico: a maioria das organizações que empregam recursos multicloud usa a nuvem pública para IaaS, aproveitando os pontos fortes oferecidos por vários provedores de serviços de computação em nuvem.

A vantagem de usar a nuvem pública para IaaS é que os usuários podem construir uma data center virtual na nuvem sem precisar de um hardware físico. Isso economiza dinheiro e espaço físico, pois a empresa não precisa investir ou armazenar seu próprio hardware. Também economiza tempo, pois o provedor de serviços de nuvem pública gerencia, mantém e atualiza o data center. A empresa pode dimensionar rapidamente para usar mais ou menos data centers virtuais, dependendo da demanda.

Embora a empresa possa escolher apenas um provedor de serviços de nuvem para suas necessidades de IaaS, nem todos os provedores oferecem os mesmos serviços, e alguns são melhores do que outros em áreas diferentes.

As empresas precisarão escolher fornecedores de serviços de computação em nuvem com base em suas necessidades particulares. A adoção do recurso multicloud está aumentando à medida que os serviços de computação em nuvem crescem em popularidade.

Base em nuvem

shutterstock 1007793340 1 - Tag Chat
Estratégia multicloud, em nuvem pública ou híbrida, traz mais flexibilidade no uso de vários provedores

A computação em nuvem requer alguns componentes para funcionar: servidores back-end, uma rede, entrega com base em nuvem e um cliente front-end como um dispositivo móvel ou um computador.

A entrega com base em nuvem permite que os usuários usem um cliente front-end para acessar o software que está sendo executado em um servidor remoto na nuvem ou os dados armazenados da mesma forma. Os recursos de computação em nuvem e armazenamento em nuvem variam de fornecedor para fornecedor. Os provedores de armazenamento em nuvem podem oferecer sincronização automática, controle de versão e a capacidade de exibir e editar arquivos usando qualquer dispositivo.

Outros recursos dos provedores de nuvem pública que variam muito são segurança, suporte técnico e preços. Um modelo de preços de pagamento por uso pode funcionar melhor para usar a nuvem pública e acomodar picos de demanda, enquanto o modelo de preços de outro fornecedor pode fazer mais sentido para algo estático, como o armazenamento.

Outro benefício de uma estratégia multicloud é que ela permite que as empresas usem um fornecedor que tenha uma melhor oferta de IaaS e outro que seja melhor com SaaS. Ou podem usar o Fornecedor B como um backup do Fornecedor A, diminuindo a dependência de um único fornecedor.

Multicloud com nuvem híbrida

Enquanto multicloud se refere ao uso de vários provedores de serviços de computação em nuvem pública, a nuvem híbrida tem a ver com o uso de serviços de computação de nuvem pública em conjunto com uma nuvem privada no local.

Em um ambiente de nuvem híbrida, aplicativos específicos aproveitam as nuvens públicas e privadas para funcionar. Em um ambiente multicloud, dois ou mais fornecedores de nuvem pública oferecem uma variedade de serviços com base em nuvem mais amplos para uma empresa.

As empresas podem optar por usar uma nuvem híbrida, pois a nuvem privada é menos cara do que usar uma nuvem pública, mas não pode ser dimensionada tão facilmente.

Se uma empresa tiver que lidar com picos de demanda, poderá usar uma nuvem privada para executar a maioria das cargas de trabalho, acessando a nuvem pública apenas quando necessário. Ou, se uma empresa oferece serviços que coletam dados de clientes, podem hospedar os serviços em uma nuvem ou nuvens públicas, mantendo as informações confidenciais seguras em uma nuvem privada.

Benefícios de ter um multicloud

Os benefícios obtidos com a popularização da cloud computing, permitiu às empresas que pudessem melhorar em muito, todos os trâmites e rever estratégias de crescimento. A começar pela estrutura de TI que pode ser praticamente toda deslocada para o ambiente online, o que aumentou a eficiência e reduziu brutalmente os custos.

Agora, cada vez mais, as organizações estão se movendo para ambientes multicloud — ou seja, compartilhando a sua carga de trabalho em várias nuvens.

Um ambiente multicloud é aquele em que a empresa usa os serviços de vários provedores cloud para alimentar as suas aplicações.

Como é bem difícil que um único fornecedor consiga atender a todas as necessidades de uma companhia, essa abordagem acaba sendo uma ótima opção quando o objetivo é reduzir os riscos de interrupções ou obter ainda mais vantagens com a cloud computing.

Ao usar variadas nuvens para diferentes aplicativos, você pode ter, por exemplo, os seus ambientes de desenvolvimento e teste em uma nuvem e o seu ambiente de produção em outra. Ou, então, pode usar duas nuvens diferentes para backup de dados.

Não será somente um provedor de cloud que oferecerá todas as ferramentas de que a sua empresa precisa. Para garantir que você tenha os melhores serviços dentro das suas necessidades, o uso de múltiplos provedores pode ser o melhor caminho a seguir.

É importante notar, contudo, que cada fornecedor terá os seus pontos fortes e fracos. Assim, dependendo dos recursos que você precisa incorporar, contar com mais possibilidades ajudará na escolha dos melhores serviços de cada provedor para dar prosseguimento aos seus trabalhos.

Nenhum provedor de nuvem é perfeito. Embora não sejam frequentes, as interrupções podem causar grandes transtornos.

A recomendação é, sempre que possível, usar dois provedores de nuvem diferentes. Com isto, a infraestrutura se torna mais resiliente, por não depender dos respectivos serviços. Se eventualmente ocorre de um dos provedores cair, o outro que está em réplica, numa nuvem separada e independente do seu aplicativo, se mantém em funcionamento, sem qualquer alteração.

E se tratando de tecnologia, fica claro que utilizar uma fonte única de serviços para qualquer coisa é muito arriscado. Muitas empresas já perceberam isso e estão optando por arquiteturas multicloud.

Ao hospedar as suas aplicações, você pode selecionar regiões e zonas da nuvem que estão próximas dos seus clientes — o que minimiza a latência e melhora a experiência do usuário.

Usar uma combinação de vários provedores de nuvem para alcançar uma velocidade mais rápida pode valer a pena: quanto menor a distância dos dados dos seus clientes, mais rápido o seu aplicativo responderá às ações dos usuários.

Otimização do ROI

shutterstock 1455156140 1 - Tag Chat

Quando você utiliza uma estratégia de multicloud, o Retorno Sobre o Investimento (ROI) é otimizado. Isso acontece porque a ação permitirá que você escolha as ferramentas de cada serviço de armazenamento em nuvem de forma estratégica.

Também é possível realocar recursos e utilizá-los de acordo com a necessidade, e não de forma contínua. Assim, os investimentos serão justificados e otimizados, conforme a demanda. Tudo isso resulta em resultados mais vantajosos, ou seja, um melhor ROI para o negócio.

Segurança de dados com estratégias multicloud

Proteger o seu aplicativo é ainda mais desafiador quando há vários provedores cloud. Ao trabalhar com um único provedor, você pode aproveitar as suas ferramentas e os seus conhecimentos para gerenciar a segurança dos dados do seu aplicativo, as permissões de acesso, os requisitos de conformidade e muito mais.

Porém, o trabalho de proteger o seu aplicativo torna-se mais difícil quando você precisa reproduzir esses esforços em várias infra estruturas da nuvem, já que cada provedor pode ter políticas de segurança diferentes.

As estratégias de multicloud se caracterizam por utilizar dois ou mais ambientes de nuvem ao mesmo tempo. De tal forma, evita-se problemas, como a perda de dados importantes para a empresa e o downtime.

Além disso, o modelo multicloud se caracteriza por oferecer mais segurança às empresas. Isso acontece porque o serviço possibilita que a criptografia e as opções de segurança de cada nuvem sejam combinados, além de manter a nuvem híbrida intacta.

Tal realidade é imprescindível no atual cenário, muito por conta da aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Agora as empresas precisarão ter ainda mais cuidado com dados de terceiros, como clientes, fornecedores e funcionários.

Links pesquisados

www.softwareone.com

www.vmware.com

www.eveo.com.br

www.computerworld.com.br

www.cio.com.br

IoT funciona como um sistema nervoso central

IoT – Internet das Coisas torna objetos inanimados em dispositivos inteligentes Hoje, além do despertador, temos relógios inteligentes que fazem ligação, contagem de passos, enviam